Congresso realiza sessão solene em homenagem ao centenário do Prof. Fernando Figueira

Com um grande trabalho social reconhecido mundialmente e uma das maiores referências de saúde pública infantil do país, o professor Fernando Figueira, que morreu em 2003, aos 84 anos, teve o seu centenário de nascimento homenageado pelo Congresso Nacional, na última sexta-feira (24/05). Na ocasião, a Universidade de Pernambuco (UPE) foi representada pelo Assessor Especial, José Guido Corrêa de Araújo.

Os autores do requerimento foram os deputados federais João Campos e Felipe Carreras e o senador Humberto Costa.

Além dos parlamentares que propuseram a sessão, estavam presentes a deputada estadual Roberta Arraes, que representou a Assembleia Legislativa de Pernambuco, o deputado estadual Lucas Ramos, o secretário de Saúde do Estado, André Longo, e o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia.

Os filhos do homenageado também participaram da solenidade, entre eles o chefe da Assessoria Especial do Governo de Pernambuco, Antônio Figueira, que falou na sessão em nome da família do professor Fernando Figueira.

FERNANDO FIGUEIRA - foi responsável além da construção do Imip, em 1960, pela criação da 1ª Regional de Saúde, criação do 1º Código Sanitário de Pernambuco, criação da Fundação de Saúde Amaury de Medeiros (Fusam), reestruturação do Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco (Lafepe) e criação do Centro de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope). Foi ainda Presidente da Sociedade de Medicina de Pernambuco e, em 1970, fundou com outros colegas a Academia Pernambucana de Medicina.

Colaborou: Blog de Humberto.