NOTA DE PESAR

A comunidade acadêmica da Universidade de Pernambuco (UPE) externa seu mais profundo pesar em virtude do falecimento do médico mastologista e diretor da Faculdade de Ciências Médicas da instituição (FCM), Antônio Simão dos Santos Figueira Filho, mais conhecido como Tota Figueira, ocorrido na manhã desta segunda-feira (20/07/2015).

 

Na oportunidade deseja, ainda, conforto, paz, e muita força para a família enfrentar a perda do marido, pai, irmão, filho e amigo. Nascido no Recife, Tota Figueira tinha 68 anos, era viúvo e deixa quatro filhos e quatro netos.

A UPE, no uso das atribuições que lhe são conferidas, decreta Luto Oficial por 7 (sete) dias.

VELÓRIO - o corpo, que ainda está no Hospital Memorial São José, onde o médico tratava um quadro infeccioso, seguirá às 18hs para o Instituto Materno Infantil de Pernambuco (Imip), onde passará a noite e será realizada missa de corpo presente às 10hs de amanhã (21/07).

Após a missa, o corpo seguirá para a FCM/UPE, onde será velado, até o fim da tarde da terça-feira, de onde será levado o cemitério Morada da Paz onde será cremado numa cerimônia íntima para família.

CARREIRA - era conhecido como um dos maiores especialistas brasileiros em mastologia e especializado na Universidade de Oxford, na Inglaterra. Foi professor do curso de medicina da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e da UPE.

Foi presidente da Sociedade Internacional de Mastologia e em Pernambuco criou a Associação Pernambucana dos Amigos do Peito. Era integrante da Academia Pernambucana de Medicina e consultor científico do Imip, instituição que foi fundada pelo seu tio, Fernando Figueira.

Em 2014, foi eleito diretor da FCM/UPE para um mandato de quatro anos.

FOTO: internet